A+ A-
Artigos

Você já reparou quantas vezes olhou para as coisas no seu caminho? Já parou para pensar nos momentos em que decidiu “parar”, se questionar, mudar a rota e ressignificar?

 

Pois é, são tantas perguntas que vivo tentando encontrar respostas para elas todos os dias, a todo momento da vida.

 

Tenho feito esse exercício e, vai por mim!, vale a pena mudar a perspectiva mesmo na incerteza em vez de seguir mantendo a mesmice da rotina, da frieza...

 

Que tal tentar? Te faço uma proposta: mude o olhar! 

 

E quando eu digo isso não é simplesmente deixar de olhar para a direita e virar para a esquerda. Falo em olhar de novo, mas como se essa fosse a primeira vez de quem nunca viu na vida. É o que chamo de “o olhar de admirar”. 

 

Parece estranho, sem sentido, mas não é.

 

Quando você reconsidera as coisas que vê no caminho para o trabalho, no retorno da faculdade ou na volta do almoço, você começa a entender a importância delas e contemplar a sua beleza. Para isso, basta reparar na moça da banca que está sempre sorrindo para todos que passam na calçada, olhar como as pessoas caminham, como conversam, a maneira que os carros passam. Já percebeu que o ritmo das coisas desacelera se você atravessa a rua cantarolando uma música e deixa de lado o celular na bolsa? Além de vivenciar melhor o momento, você ainda se mantém seguro enquanto passa.

 

Acredite! Direcionar o olhar para os detalhes te faz canalizar energia para o que vale, o que realmente importa.

 

Com esse exercício, você passa a impulsionar pontos de vista. Também consegue se revisitar, considerar o outro e prestar atenção nele, além de reconhecer que o que ele diz também agrega, soma, multiplica.

 

Vamos tentar? 

 

Eu vou continuar e dou uma dica: que tal você se programar para amanhã, ao acordar, parar por alguns minutos para definir uma meta para o seu dia que provoque o seu olhar? Pode ser admirar a paisagem no caminho e ver as pessoas que passam como se fosse a primeira vez.

 

Afinal de contas, se você não tentar, nunca vai poder dizer que fez algo novo no seu dia tão simples como aprimorar o olhar...

 

Sobre a autora:

 

Patricia Biasoli Roque é Analista de Educação Corporativa na Unibrad. Atua no desenvolvimento de soluções para líderes e acredita fortemente no potencial transformador da educação na vida das pessoas