A+ A-
Destaques

Fatores essenciais para inovar

Criatividade, pensamento e ideias são elementos fundamentais para a inovação. No entanto, segundo, Pramod Mehta, empreendedor e especialista em estratégia empresarial, para a inovação acontecer, há outros fatores tão importantes quanto esses. “Desde a origem da ideia, até a consolidação do pensamento e execução do processo de mudança, há um escopo amplo, com um longo caminho”, diz.

 

Para ele, encontrar o caminho para a inovação é algo simples e, ao mesmo tempo, complexo. “Inovar significa identificar uma ideia que seja relevante, que se ajuste às necessidades do público-alvo no momento certo e que simplifique complexidades”, afirma.

 

A seguir, confira os fatores essenciais, segundo Mehta, que realmente ajudam a inovar:

 

Ampliar e fazer a gestão do conhecimento: Um insight ou entendimento maior pode surgir de qualquer lugar. Seja de algum fato que um colega comente, de algo que lê no jornal ou de clientes falando sobre uma marca, entre outros. Problemas e soluções podem ser identificados em qualquer lugar. Esses insights precisam ser documentados e gerenciados, pois considerá-los pode levar a análises cruzadas de problemas que, muitas vezes, originam soluções inovadoras.

 

Difundir a inovação: No mundo dos negócios, a inovação precisa se espalhar uniformemente e atingir todos os indivíduos da organização, seja um colaborador ou um executivo. Por exemplo, se existe uma nova técnica que está sendo elaborada no trabalho, é essencial treinar todos na equipe a respeito. Tirar fotos ou compartilhar vídeos de demonstração também ajuda todos, até colaboradores de campo, a se manter atualizados sobre as tendências no trabalho. Então, se há uma inovação que precisa alcançar a todos, use o que for preciso em termos de recursos para que isso aconteça!

 

Aceitar a incerteza: Empreendedores se caracterizam por planejar novos negócios e avançar. Eles também sabem que um negócio apresenta certa previsibilidade e planejamento, mas também um nível grande de incerteza associado a ele. É possível conhecer os prós e contras de uma inovação, mas, no fundo, também é essencial aceitar que a incerteza ronda o tempo todo e pode se manifestar a qualquer momento.

 

Fazer acompanhamento: Uma parte importante da inovação não é apenas introduzi-la, mas mantê-la. Portanto, é preciso acompanhar sua efetividade com regularidade. A ideia está funcionando bem? Está solucionando o que deveria? Qual o feedback dos clientes na loja? Eles estão satisfeitos? Afinal, a inovação tem como objetivo melhorar a vida e resolver problemas do público-alvo. Se a inovação não fizer isso, não estará cumprindo sua função.

 

Fonte: Pramod Mehta