A+ A-
Destaques

Soft skills essenciais para progredir

No atual contexto, as principais habilidades que permitem avançar e interagir com os outros de maneira eficaz são as chamadas “soft skills”, que incluem qualidades intangíveis como liderança, autoconsciência, comunicação, inteligência emocional, entre outras.

 

Para Antônio Neves, empreendedor e consultor de carreira e novas gerações, acionar as soft skills no trabalho ajuda qualquer um a progredir. “Não importa em que área você atua, essas habilidades podem ser a diferença entre ter um projeto aprovado ou rejeitado, entre conseguir uma promoção ou ser colocado para fazer algo sem relevância”, diz Neves.

 

Confira a seguir cinco habilidades que, segundo Neves, você pode praticar no dia a dia para alcançar mais sucesso:

 

1. Ouvir: faça disso sua arma secreta de comunicação
Para ser um bom comunicador não basta saber fazer um excelente discurso em público, é preciso saber escutar. O jeito mais fácil de estabelecer confiança com uma pessoa é demonstrar interesse por ela. É possível conseguir isso ouvindo mais do que falando. Bons ouvintes não ficam pensando no que vão dizer enquanto o outro está falando. Eles acompanham com perguntas e mantêm a conversa com foco no interlocutor — não sobre eles. A coisa mais valiosa que você pode dar a alguém é a sua atenção.

 

2. Assumir a responsabilidade: faça o que você prometeu fazer
Quando algo dá errado e você é responsável por isso, não dê desculpas, ignore ou culpe alguém. Em vez disso, assuma totalmente as falhas sob sua responsabilidade. Melhor ainda, aprenda com isso. Ser responsável significa manter os acordos que você faz. Isso é a base da integridade, que, por sua vez, gera confiança.

 

3. Pensar criativamente: seja criativo com o que você tem
Ser criativo geralmente significa resolver problemas com poucos recursos. Por exemplo, se um ótimo chef de cozinha precisa fazer um prato com dez ingredientes, mas só tem sete à mão, ele vai tentar ser criativo com o que tem para fazer algo delicioso. As maiores inovações em geral nascem de limitações. Use as desvantagens a seu favor. Concentre-se nos ingredientes disponíveis, não nos que faltam. Depois acolha a liberdade que isso proporciona.

 

4. Consciência emocional: saiba o que está sentindo
Agir com pura emoção pode ser desastroso para tomar decisões. A verdade é que, às vezes, quando manifestamos raiva, por exemplo, pode ser que, no fundo, estamos muito tristes. Assim, quando sentir qualquer emoção mais forte, tente parar para pensar o que, de fato, está sentindo. Converse com um amigo. Obtenha uma segunda opinião sobre o e-mail irritado que escreveu ao seu chefe antes de enviar. Reserve tempo para pensar melhor e se perguntar o que é mais importante.

 

5. Empatia: se aventure fora da empresa para se conectar internamente
É fácil seguir o que todo mundo faz, principalmente em uma grande empresa. No entanto, é essencial reservar tempo para explorar novas experiências que despertem empatia pelos outros. Boas oportunidades incluem fazer cursos, projetos paralelos, viajar, ir a eventos. Isso ajuda a criar conexão com pessoas fora da nossa área e compreender melhor quem tem pontos de vista, origens ou perspectivas diferentes. Isso nos leva a ficar mais abertos a ter empatia por nossos colegas no trabalho.

 

Fonte: The Muse