A+ A-
Destaques

TI em busca de diversidade e inclusão

Um ambiente de trabalho diversificado e inclusivo oferece claros benefícios para o negócio. Promove lealdade, eficiência, soluções criativas e uma equipe atrativa para novos talentos, só para citar alguns exemplos.

 

De fato, pesquisas recentes mostram que as empresas com alto índice de diversidade racial e de gênero têm melhor desempenho financeiro. Além disso, ambientes de trabalho inclusivos demonstram atrair e reter os talentos mais brilhantes.

 

No entanto, o setor de Tecnologia não tem se adaptado com rapidez suficiente nesse sentido. Niklas Zennström, CEO da Atomico, informa que, em 2018, 93% do capital investido em empresas europeias foi para grupos fundadores do gênero masculino. “É um dado assustador pensar que o futuro está nas mãos de uma minoria não diversa, particularmente à medida que o impacto da tecnologia na humanidade se acelera”, comenta.

 

Segundo ele, na raiz dessa cultura estão estereótipos e conceitos profundamente enraizados no setor de Tecnologia há mais de 40 anos. Zennström reconhece que é difícil mudar essa situação, mas que iniciativas de conscientização podem mostrar as forças que nos atrapalham, ajudando a desenvolver as habilidades práticas e a atenção necessária para solucioná-las.

 

Francesca Warner, co-fundadora e CEO da Diversity VC, concorda que, junto com o impacto negativo da exclusão de tantos talentos a cada ano que passa, aumentar a diversidade na arena tecnológica é um dos desafios mais significativos a ser enfrentado. “A verdade desconfortável é que o setor de Tecnologia hoje não é um lugar onde todos, de qualquer gênero, raça, deficiência, religião, sexualidade, origem socioeconômica, possam prosperar e ter sucesso”, diz.

 

Ainda assim, em sua opinião, é possível cultivar um ambiente que iguale oportunidades e acelere resultados para todos, afinal a diversidade e a inclusão têm o poder de transformar qualquer negócio. “Somente quando as pessoas de todas as origens, habilidades e perspectivas se sentirem seguras e confiantes para participar, todos nós vamos perceber verdadeiramente o potencial de que somos coletivamente capazes”, avalia Warner.

 

A boa notícia é que ainda há luz no fim do túnel. Afinal, segundo previsões, o foco de empresas de Tecnologia em contratar profissionais não técnicos tende a aumentar.

 

Fonte: TechCrunch