A+ A-
Destaques

Filmes que põem a ética em evidência

Existem diferentes entendimentos sobre a definição de ética. Um dos mais aceitos é o conjunto de valores e princípios que regem nossas práticas, seja de forma positiva ou negativa. E quando os atos das pessoas ou organizações afetam os outros enfrentamos dilemas éticos.  O cinema retrata muito bem essas situações e nos dá a oportunidade de pensar sobre as diferenças entre o que se quer, o que se pode e o que se deve fazer.

 

A seguir, selecionamos alguns sucessos de bilheteria que retratam esse tipo de dilema:

 

Entre Nós (2014): estrelado por Caio Blat, o filme conta a história de um grupo de jovens que se reúne em uma casa de campo dez anos depois de um grave acidente que matou um dos amigos. No reencontro, eles descobrem que o mais bem sucedido da turma se valeu dessa morte para obter sucesso na carreira.

 

O Lobo de Wall Street (2013): baseado em uma história real, o filme mostra a trajetória de Jordan Belfor, um especulador do mercado de ações norte-americano, interpretado por Leonardo Di Caprio. Para alcançar o sucesso, o personagem leva às últimas consequências sua ambição por dinheiro e poder.

 

Quebrando a Banca (2008): o filme conta a história de um brilhante estudante que vai a Las Vegas para ganhar no jogo com um esquema de contagem de cartas. O objetivo inicial era pagar a faculdade de medicina, mas, quando o sucesso no jogo sobe à cabeça, ele se vê diante de dilemas que até então desconhecia.

 

Obrigado por Fumar (2006): o filme narra a vida de um lobista da indústria do tabaco, cujo trabalho é convencer as pessoas a fumarem, argumentando contra as políticas de saúde do governo norte-americano.

 

O Senhor das Armas (2005): Nicolas Cage interpreta um imigrante do leste europeu que constrói um império com o tráfico de armas. Impulsionado pelo desejo de lucro a qualquer custo, ele vende equipamentos bélicos para os dois lados durante a Guerra Fria.

 

O Show de Truman (1998): estrelado por Jim Carrey, o filme conta o dilema de um homem que descobre que a sua vida é um programa de televisão e ele, sem saber, o astro principal. Toda sua família e amigos são atores e suas lembranças foram planejadas cuidadosamente para garantir maior audiência.

 

O Quarto Poder (1997): John Travolta faz o papel de um segurança que volta ao museu de onde foi demitido, faz vários reféns e ameaça explodir uma bomba. Seu desespero na tentativa de reaver o emprego atrai a atenção da imprensa, que faz de tudo para manter a situação de tensão e a audiência dos espectadores, curiosos sobre o desfecho do episódio.

 

Fonte: Unibrad