A+ A-
Destaques

No futuro o trabalho vai ser flexível

São tantas inovações trazidas pelos rápidos avanços da tecnologia que nem imaginamos quanto essas transformações ainda vão mudar nossas vidas. Em sintonia com esse movimento, em poucos anos o modo como trabalhamos nunca mais vai ser o mesmo.

 

Com isso, o perfil dos profissionais também vai se transformar bastante. Independentemente da idade ou geração, as pessoas vão preferir, cada vez mais, ter flexibilidade e autonomia no trabalho. De fato, muita gente vai passar a trabalhar em projetos e de forma autônoma, sem muita ligação com as estruturas das empresas.

 

De acordo com o relatório “Future Jobs: How We Will Work in the Europe of the Future”, da Adecco, as principais qualidades desse profissional que vai trabalhar de forma flexível são:

 

• Ele cresceu em um mundo em constante mudança.

 

• Ele sabe que precisa aprender e se adaptar a novas situações continuamente.

 

• Ele sabe que não pode sobreviver como um lobo solitário. Então, ser bem conectado e ter um círculo valioso de contatos são fatores muito importantes para ter sucesso.

 

• Uma vez que a carreira profissional vai deixando de ser um caminho claro, ele se sente estimulado de dentro para fora. Em outras palavras, o que orienta suas escolhas profissionais é a própria paixão e aquilo que ele mais gosta de fazer e sabe fazer melhor.

 

• Seu foco não é o status material, mas sim valores como liberdade, autonomia, oportunidades de se conectar com uma interessante rede de colegas — essas são condições de trabalho cada vez mais importantes.

 

• O que ele pretende alcançar e as oportunidades para se realizar ganham destaque na sua vida profissional.

 

• Hierarquias rígidas, políticas corporativas e trilhas definidas de avanço dentro de uma empresa não despertam grande interesse.

 

• Ele não fica empregado eternamente em um trabalho fixo.

 

Fonte: Addeco Group