A+ A-
Destaques

O impacto da gratidão na saúde

Você sabia que nosso corpo e mente ficam mais saudáveis quando nos concentramos na gratidão?

 

Isso mesmo. Com base em extensa pesquisa da Wharton Health Care Management, neurocientistas afirmam que é possível melhorar a saúde física e mental pensando na gratidão com mais frequência. Por isso recomendam começar pela mente.

 

Claro que combinar boa alimentação e exercícios regulares sempre foi a fórmula para manter a saúde de forma geral. No entanto, como as mudanças de estilo de vida centradas no corpo (como dieta e exercício) são difíceis de manter, os especialistas identificaram que ter foco na gratidão regularmente tem um relevante efeito salutar para a mente e o corpo.

 

Confira alguns dos achados sobre os efeitos positivos que o pensamento da gratidão proporciona à saúde:

 

1. Gratidão aumenta a probabilidade de a pessoa se exercitar

Segundo o Journal of Personality and Social Psychology, as pessoas que mantêm diários de gratidão dizem que “têm menos queixas de saúde, mais tempo para se exercitar e menos sintomas de doença física”.

 

2. Gratidão reduz o nível de estresse

De acordo com um estudo publicado pelo National Center for Biotechnology Information “cultivar apreciação e outras emoções positivas mostrou níveis mais baixos de hormônios do estresse (especificamente), uma redução de 23% no cortisol e um aumento de 100% nos níveis de DHEA (hormônio esteroide produzido naturalmente pelo corpo que combate os efeitos do envelhecimento e melhora algumas condições de saúde)”.

 

3. Gratidão melhora a qualidade do sono

Estudo realizado na Universidade de Manchester e publicado no Journal of Psychosomatic Research afirma que focar regularmente em gratidão e agradecimentos “melhorou a qualidade do sono e resultou em mais horas de sono”.

 

4. Gratidão aumenta o bem-estar emocional

De acordo com estudos publicados no Journal of Research in Personality, a gratidão leva a níveis menores de depressão e a níveis mais altos de apoio social, além de diminuir a probabilidade de alguém considerar o suicídio.

 

5. Gratidão torna o coração mais forte e saudável

De acordo com uma pesquisa realizada no Hospital Geral de Massachusetts, a presença de gratidão em um paciente “pode, ??de forma independente, prenunciar uma saúde cardiovascular superior”. Outros estudos mostram que a gratidão aumenta a atividade física e, portanto, a velocidade de recuperação de pacientes cardíacos, ao mesmo tempo que reduz seus níveis inflamatórios.

 

6. Gratidão faz um líder ser mais eficaz

Segundo estudo da Wharton, líderes agradecidos “motivam colaboradores a se tornarem mais produtivos, pois, quando as pessoas se sentem valorizadas, têm alta satisfação no trabalho, se envolvem em relacionamentos produtivos, ficam motivadas a fazer o melhor e a trabalhar para alcançar os objetivos de negócio”.

 

Como informa Geoffrey James, autor e colaborador da Inc., em alguns estudos, os participantes mantiveram um diário de gratidão no qual listaram no final do dia todos os motivos pelos quais se sentiam gratos. “Essa é uma boa técnica, mas você pode sentir gratidão o dia todo, simplesmente se perguntando: ‘Pelo quê posso me sentir grato agora, aqui mesmo?’ Seu cérebro vai dar uma resposta”, garante.

 

Fonte: Inc.