A+ A-
Destaques

Como evitar o viés inconsciente

Em média, nossos cérebros tentam processar 11 milhões de informações a cada segundo. Mas, conscientemente, capturam 50 por segundo e só processam sete. Isso significa que estamos constantemente usando atalhos para preencher os espaços em branco.

 

Segundo a especialista em recrutamento e desenvolvimento Lottie Watters, da Devex, o viés inconsciente é um atalho que nosso cérebro adota para fazer julgamentos rápidos sobre as pessoas antes mesmo de perceber que fizemos isso.

 

O fato é que todos nós temos preferências subconscientes profundas por pessoas com características parecidas às nossas, que compartilham o mesmo tipo de experiência pessoal, estereótipos sociais e contexto cultural. “Tudo isso influencia a percepção que temos de outra pessoa antes mesmo de conhecê-la. Esses vieses podem ter efeitos nocivos que limitam a diversidade nas organizações, além de criar barreiras nas carreiras das pessoas”, destaca.

 

Veja a seguir algumas dicas de Watters para lidar com a influência do viés inconsciente no seu dia a dia:

 

1. Torne-se consciente do seu viés inconsciente
Este é o passo mais difícil. A primeira coisa a fazer é analisar decisões que tomou no trabalho que podem ter sido influenciadas por seu viés inconsciente. Pense na situação em que estava quando considerou a questão e como sua decisão poderia ser melhorada se estivesse mais consciente do seu viés.
Saiba que existem vários tipos diferentes de vieses; vamos dar uma olhada nos três mais comuns:

 

a) Viés “como eu”: quando você tem um viés em relação a alguém que se parece com você ou que tem uma formação semelhante à sua.

 

b) Viés de confirmação: quando você ouve apenas informações que confirmam seus preconceitos.

 

c) Viés de âncora: quando sua mente se ancora na primeira informação que teve sobre um assunto. Qualquer outro dado não importa, porque a mente fica ancorada nessa primeira informação.

 

2. Encontre seu gatilho

Escreva uma lista de situações mais prováveis de experimentar esses vieses inconscientes, seja em reuniões ou antes de uma decisão particularmente difícil. Isso acontece por email ou quando você fala com uma pessoa ou grupo específico? Talvez dependa do seu estado de espírito, quando está com fome, estressado ou cansado?

 

3. Vá com calma

Da próxima vez que perceber um gatilho, pare um minuto e considere sua resposta antes de reagir instantaneamente. Respire fundo três vezes. Respire e conte, isso vai ajudar você a “desligar” a parte do seu cérebro que faz julgamentos automáticos e a se acalmar, para poder tomar uma decisão mais racional.

 

4. Faça uma pequena coisa de maneira diferente

Você pode pedir que cada reunião seja iniciada por uma pessoa diferente ou, depois de uma reunião, pedir feedback a alguém que não falou e considerar seriamente sua opinião. Depois de adotar essa ação, tome nota e reconheça seu valor em combater seu viés inconsciente. Pesquisas mostram que emoções positivas ajudam a consolidar ações como hábitos.

 

Fonte: Devex