A+ A-
Destaques

Como aproveitar recursos escassos

Em seu livro “Tempo, Talento, Energia”, Michael Mankins e Eric Garton, especialistas em design organizacional e eficácia da consultoria Bain & Company, afirmam que, no ambiente de negócios, os recursos mais escassos de hoje — e frequentemente desperdiçados — são o tempo, o talento e a energia das pessoas.

 

Então, para estimular o poder produtivo de uma organização, os autores convocam líderes e altos executivos a parar de focar tanto no tradicional recurso escasso do passado — capital financeiro — e se concentrar mais nos recursos escassos que realmente fazem a diferença competitiva hoje em dia: o tempo, o talento e a energia de seus melhores profissionais.

 

Com base no popular artigo da Harvard Business Review, “Seu Recurso Mais Escasso”, Mankins e Garton apresentam novas pesquisas sobre como é possível identificar as causas específicas do entrave organizacional — uma coleção de fatores institucionais que retardam as coisas, diminuem o rendimento e drenam a energia das pessoas — e depois eles oferecem um modelo prático de como gestores podem superar isso.

 

Para os autores, são as soluções organizacionais que podem liberar o pleno poder produtivo de uma empresa e capacitá-la a superar a concorrência. “Não é culpa dos colaboradores que eles não sejam tão produtivos quanto poderiam ou deveriam ser. A culpa é das organizações”, dizem.

 

O livro traz muitos conselhos práticos e exemplos detalhados mostrando como as melhores empresas fazem a gestão do tempo, do talento e da energia de colaboradores com tanta disciplina quanto fazem com seu capital financeiro, mostrando aos executivos como criar um círculo virtuoso de alta performance.

 

Fonte: “Time, Talent, Energy”, de Michael Mankins & Eric Garton