Home >

Artigos e Notícias >

Carreira e Mercado

Por: Ernst Young, em 03/11/2020

Sustentabilidade integrada ao negócio

Entenda o impacto da sustentabilidade para negócios

Por: Ernst Young, em 03/11/2020

Hoje, mais do que nunca, integrar a sustentabilidade à estratégia é importante para os negócios que desejam se manter no futuro. Para isso, é essencial que as empresas superem seus próprios desafios — diretos ou indiretos — e considerem as influências mais amplas (megatendências globais) que estão mudando o mundo, abordando seus possíveis impactos.

Essas influências incluem, por exemplo, o crescente número de requisitos para demonstrar comportamento ético e descrever o objetivo de uma organização ou o fato de mais consumidores ficarem de olho na conexão entre os produtos e serviços que compram e seu impacto nas pessoas e no meio ambiente.

Pesquisa anual da EY mostra que 80% dos investidores concordam que fatores ambientais e sociais (não apenas governança) oferecem riscos e oportunidades, mas que as empresas não têm considerado isso em seus negócios. No entanto, além da transparência, investidores têm cada vez mais interesse em saber se as organizações integram a sustentabilidade em suas estratégias de negócios para melhorar desempenho e criar resiliência.

Para entender melhor o que essa “integração” da sustentabilidade nos negócios realmente significa (pois não há uma definição única ou visão universal sobre o tema), a EY listou alguns exemplos. Confira:

Impulso rumo à excelência operacional: utilizar processos para alcançar os resultados esperados, enriquecendo e atualizando-os sob as lentes da sustentabilidade (por exemplo, a introdução de cláusulas sobre sustentabilidade ambiental e social no processo de seleção ou gestão de fornecedores ou a integração dos riscos de sustentabilidade nos processos de gestão de riscos).

Pensamento integrado: uma maneira holística de pensar em uma organização e como ela gera valor é considerar, enquanto opera, a interação entre ativos tangíveis e intangíveis.

Motor de inovação: ao idealizar novos produtos, incluir aspectos ambientais e sociais, desde a concepção até a inovação aprimorada do produto.

Resposta a um mundo em mudança: a capacidade de uma organização de ativar e interpretar mudanças sociais, ambientais e econômicas para antecipar necessidades que podem levar à transformação do objetivo da empresa, além de suas práticas operacionais.

Novos modelos de impacto social: situações em que as fronteiras entre a sustentabilidade (considerando fatores ambientais, sociais e de governança) e os negócios tradicionais (foco no valor financeiro) se fundem, juntamente com o surgimento de novos modelos de negócios baseados no impacto social.