Home >

Artigos e Notícias >

Carreira e Mercado

Por: Valdirene Secato, em 22/10/2020

A chave para a transformação

Prepare-se para as transformações do mercado.

Desenvolver a capacidade de se adaptar às transformações de cenário e aos novos desafios, nunca foi tão urgente como agora. Uma pandemia pegou a humanidade “de calças curtas” e nos forçou a uma série de mudanças. A aceleração das transformações em curso tornou a adaptabilidade uma das habilidades imprescindíveis para os profissionais hoje.

Não seremos mais quem éramos antes da pandemia. E se chegamos até aqui, devemos a esta capacidade incrível de adaptar-se, que desenvolvemos ao longo da história evolutiva.

O mundo corporativo já requer adaptabilidade: a transformação digital, a globalização, mudanças de paradigmas e culturais exigem dos profissionais a atualização rápida de seus conhecimentos e, a exercitarem outras habilidades que hoje são primordiais – como a empatia, sobre a qual falei anteriormente neste artigo.

Em um mundo hiperconectado, os profissionais serão desafiados a adaptar-se a novos contextos cada vez mais rápido. Vivemos no chamado “Mundo V.U.C.A” (Volatilidade, Incerteza, Complexidade e Ambiguidade). Adequar-se a este cenário envolve ser resiliente, flexível, ágil, trabalhar com equipes multidisciplinares, ser curioso, estar disposto a aprender de forma contínua e ter coragem para tomar decisões e enfrentar os desafios.

A Cultura Digital é um ponto fundamental quando falamos em adaptabilidade nas organizações. As formas de interação mudam, enquanto os processos se automatizam rapidamente. Hoje, os dados guiam muitos processos e tomadas de decisões. Há novas linguagens em jogo. A mudança de atitude e de hábitos dos profissionais nas empresas depende, também, de uma Cultura Digital bem estruturada internamente.

A capacidade de se adaptar não é apenas um recurso que garante o desenvolvimento profissional no mundo corporativo. É, também, a chave para a transformação digital dentro das organizações.

Na Bradesco Seguros, trabalhamos a Cultura Digital por meio do Programa Você Transforma, criado com o objetivo de estimular um ambiente de inovação e colaboração entre nossas equipes. O Programa rendeu a série de palestras “Você Conectado”, em que promovemos conversas com especialistas em transformação digital.

Nossa experiência com os resultados destas iniciativas demonstra que é o capital humano que transforma as organizações. Portanto, as empresas precisam disponibilizar a seus funcionários o incentivo e suporte necessários para desenvolver a adaptabilidade: programas de capacitação e atualização de conhecimentos, ou treinamentos focados nas necessidades de adaptação ao novo contexto corporativo.

A experiência do cliente também foi se tornando crucial para o sucesso das organizações – hoje, o cliente está no centro dos negócios. A eficiência das empresas neste sentido está diretamente ligada à capacidade de seus profissionais se adaptarem a novos cenários.

Adaptar-se envolve, ainda, quebrar paradigmas, abandonar antigas formas de realizar tarefas, adotar novos métodos/processos e reinventar-se. Não é uma tarefa simples. Mas é um processo necessário e, por que não, fascinante para nosso crescimento profissional e humano. Aceitar as mudanças e se predispor a desaprender para aprender com elas pode nos proporcionar uma série de descobertas no mundo dinâmico em que vivemos.

Valdirene Soares Secato é Diretora de Recursos Humanos do Grupo Bradesco Seguros. Possui 32 anos de experiência em gestão estratégica no segmento bancário brasileiro e tem formação em Administração de Empresas e especialização em Desenvolvimento Gerencial pelo IESE Business School.